25/10/2020
Devo obter um consultor financeiro?

Devo obter um consultor financeiro?

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Graças à internet, investir é mais fácil do que nunca. A facilidade de negociação de ações na era digital reduziu significativamente a barreira financeira para entrada e serviços automatizados, como consultores robóticos, facilitam a colocação de qualquer dinheiro que você tiver no mercado.

Se você está pensando em investindo, você provavelmente pensou em contratar um consultor financeiro. Os consultores financeiros aproveitam seus conhecimentos e experiência para ajudá-lo a gerenciar seus fundos para atingir suas metas de investimento. Os consultores financeiros podem ser uma ótima opção para gerenciar seus fundos, mas o custo geralmente pode ser proibitivo.

Neste post, discutiremos os consultores financeiros, o que eles fazem e se você deve pensar em obter um. A resposta pode surpreendê-lo, pois na maioria das vezes você não na verdade, é necessário um consultor financeiro para atender às suas metas de investimento, desde que você faça sua pesquisa e diversifique seu portfólio. Também discutiremos quando é aconselhável considerar contratar um consultor financeiro.

O que é um consultor financeiro?

Consultores financeiros oferecem assistência e, em alguns casos, gerenciam completamente suas finanças. O termo “consultor financeiro” e consultores financeiros geralmente oferecem uma ampla gama de serviços, incluindo gerenciamento de investimentos, consultas e planejamento financeiro. A maioria das pessoas usa um consultor financeiro quando não tem tempo ou conhecimento para gerenciar suas finanças.

O que consultores financeiros fazem?

Os serviços exatos conselheiro financeiro A oferta depende do tipo de consultor. Geralmente, porém, os consultores financeiros avaliam sua situação financeira atual e elaboram um plano para melhorias futuras. Os consultores financeiros fazem um balanço de seus ativos, dívidas e despesas e ajudam a fazer um plano monetário para atingir suas metas financeiras.

Por exemplo, um bom consultor financeiro o ajudará a economizar aposentadoria, verifique se você possui um fundo de emergência adequado ou ajude-o a gerenciar planos de dívida e pagamento. Muitos consultores financeiros ajudam seus clientes com seus investimentos. Os consultores financeiros ajudam nos seus investimentos, dando conselhos, recomendando estratégias ou, às vezes, lidando com todo o processo de investimento.

Os consultores financeiros geralmente permitem escolher quais serviços você usa. Um consultor tradicional pode oferecer aconselhamento pessoal por uma taxa contínua, enquanto os gerentes de investimento lidam com investimentos e recebem uma pequena comissão por pagamento.

Não há requisitos legais para trabalhar como consultor financeiro; portanto, tecnicamente qualquer pessoa pode ser um consultor financeiro. Existem, no entanto, várias credenciais e certificações do setor, como analista financeiro certificado (CFP) e planejador financeiro certificado (CFA) e consultor financeiro certificado (ChFC). As organizações concedem essas certificações aos consultores financeiros por meio de uma série de avaliações profissionais e exames de qualificação para garantir que eles tenham o conhecimento e a experiência necessários para obter um aconselhamento bem-sucedido.

Tipos de consultores financeiros

Aqui estão apenas alguns dos diferentes tipos de consultores financeiros e o que eles fazem.

Robo-Advisors

Os consultores de robôs são um serviço relativamente novo que usa algoritmos de computador e IA para gerenciar seus fundos. Os consultores de robôs são uma ótima opção, pois possuem taxas de comissão muito baixas e barreiras de baixo custo à entrada. Muitos consultores robóticos têm valores mínimos de investimento de US $ 25 e alguns não têm valores mínimos.

Os consultores robóticos usam modelos econômicos derivados da ciência empírica de ponta para fazer investimentos e gerenciar seus fundos. Você simplesmente preenche um questionário para definir seus hábitos financeiros, incluindo seus tolerância de risco, e o algoritmo investe automaticamente seus fundos para atender às suas preferências. A maioria dos consultores robóticos normalmente cria carteiras de investimento em torno de fundos negociados em bolsa e indexados.

De certa forma, o termo “consultor robótico” é um pouco enganador. Os consultores robóticos tecnicamente não “aconselham” ninguém – eles apenas automatizam o processo de investimento. Se você precisar de aconselhamento financeiro mais aprofundado ou precisar de ajuda para elaborar um plano de investimento, um consultor humano pode ser uma opção melhor.

Serviços Financeiros Online

Os serviços financeiros online colocam você em contato com consultores financeiros e envolvem uma combinação de gerenciamento de investimentos com planejamento financeiro virtual. Os serviços financeiros on-line geralmente são mais caros do que os consultores robóticos, pois envolvem interação humana, mas são mais baratos que os conselhos presenciais tradicionais.

Os serviços financeiros on-line permitem que você se encontre com seu consultor on-line, que o ajudará a gerenciar seus investimentos e fornecerá aconselhamento financeiro. A maioria das organizações de planejamento financeiro on-line permite escolher quais serviços você obtém e o preço geralmente é baseado na complexidade dos conselhos que você deseja. Muitos serviços on-line combinam consultoria robótica para gerenciar investimentos diários com consultoria humana para a elaboração de planos financeiros de longo prazo.

Em outras palavras, os serviços financeiros on-line são um bom meio termo entre o aconselhamento robótico puro e o aconselhamento presencial tradicional.

Assessor Pessoal

O aconselhamento pessoal tende a oferecer os serviços de aconselhamento mais abrangentes. Os consultores pessoais podem se concentrar em aspectos muito específicos de suas finanças ou podem oferecer conselhos financeiros mais holísticos. Alguns exemplos de conselheiros pessoais incluem

  • Planejador financeiro certificado (CFP): ofereça uma ampla gama de serviços financeiros, incluindo planejamento para aposentadoria, gerenciamento de dívidas e cálculo da despesa total. Os consultores financeiros devem passar por um rigoroso exame de qualificação para receber sua certificação CFP.
  • Corretor: Os corretores são os consultores que compram e vendem produtos financeiros para seus clientes. Os corretores geralmente cobram uma taxa de comissão que é uma certa porcentagem de cada transação que realizam.
  • Consultor de investimentos: os consultores de investimentos atuam como corretores e, ao mesmo tempo, oferecem consultoria financeira de alto nível. Os consultores de investimento ajudam os clientes a identificar seus objetivos, criar planos de investimento a longo prazo e oferecer consultoria financeira abrangente.
  • Gerente de patrimônio: os gerentes de patrimônio geralmente fornecem consultoria financeira holística e tendem a trabalhar com clientes de alto patrimônio líquido. Os gerentes de patrimônio lidam basicamente com todos os aspectos das finanças dos clientes, incluindo investimentos, fundos de aposentadoria, impostos, e mais. Os gerentes de patrimônio geralmente têm requisitos mínimos de investimento muito altos, no valor de US $ 250.000.

Os consultores pessoais oferecem serviços financeiros abrangentes, mas geralmente são mais caros do que outros tipos de aconselhamento.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Preciso de um consultor financeiro?

Se você tiver dinheiro para pagar, um consultor financeiro pode ser uma ótima idéia. Porém, a maioria das pessoas não tem dinheiro para manter um consultor financeiro. Felizmente, você não precisa de um consultor financeiro para ter uma boa saúde financeira. Contanto que você dedique algum tempo para aprender sobre finanças, como investir e acompanhar tendências e relatórios financeiros, é inteiramente possível gerenciar suas finanças por conta própria. Aqui estão alguns conceitos financeiros importantes que você precisa aprender a gerenciar suas finanças de forma eficaz por conta própria.

Diversifique seu portfólio

É um ditado comum que você não deve colocar todos os seus ovos em uma cesta. No contexto do investimento, a frase é usada para significar que você não deve concentrar todos os seus fundos de investimento em uma única empresa ou setor. É fácil ver por que também. Se você colocar todos os seus fundos em uma única empresa e ela se aquecer, poderá basicamente se despedir de todo o seu investimento. Como tal, você deve distribuir seus investimentos por várias empresas e setores para poder se isolar dos efeitos negativos de uma desaceleração em um setor. De fato, muitos investidores e consultores financeiros dizem que a diversificação é o fator mais importante para se ter uma carteira de investimentos sólida.

Aqui estão algumas maneiras que você pode diversifique seu portfólio para proteger seus investimentos.

Fundos de Alocação de Ativos

A maneira mais simples de diversificar seu portfólio é descobrir uma proporção ideal de tipos de segurança de investimento. Os fundos de alocação de ativos são uma mistura predeterminada de ações e títulos. Você pode especificar essas rações e manter seus investimentos dentro desses intervalos. Por exemplo, se você optar por um fundo 60/40, manterá 60% de seus fundos em ações e 40% em títulos. Você realoca seus fundos sempre que esses índices mudam.

A idéia dos fundos de alocação de ativos é obter a combinação certa de títulos de alto risco e baixo risco. Dessa forma, as alterações em uma segurança podem ser compensadas pela estabilidade de outras. Os fundos de alocação de ativos permitem otimizar ganhos e, ao mesmo tempo, minimizar os riscos, mantendo seus fundos distribuídos por vários tipos de títulos com riscos diferentes.

Fundos negociados em bolsa (ETF) ou fundos mútuos

Se você deseja um portfólio mais personalizado, considere investir em fundos mútuos ou fundos negociados em bolsa. Os fundos mútuos reúnem recursos de vários investidores e os investem em uma mistura de ações, títulos e dívida de curto prazo. Não existe um método 100% único para todos os métodos de investimento de fundos mútuos, mas um bom lugar para começar é a chamada regra 5/25. De acordo com a regra 5/25, você deve manter seus investimentos em 5 classes de ativos diferentes e manter no máximo 25% de seus fundos em cada uma.

Personalize ações e títulos individuais

Se você deseja microgerenciar ainda mais seus ativos, poderá personalizar seus portfólios de investimento com ações e títulos individuais. A proporção ideal de ações para títulos e ativos de caixa depende de suas metas financeiras, tolerância a riscos e prazo. Por exemplo, se você tiver metas financeiras de longo prazo com prazo de 20 anos ou mais, uma boa idéia é manter uma proporção de 90/10 entre ações e títulos.

Lembre-se de que diversificar seu portfólio não significa apenas ter muitos investimentos diferentes, mas manter vários investimentos que se comportam e se movem independentemente um do outro. Quanto mais empresas e setores você investe, mais você espalha seu risco. Uma boa regra é tentar ter pelo menos 30 ações em 5 setores diferentes e não colocar mais de 4% de sua renda total em uma única ação.

Você também deve variar o tamanho da empresa em ações e títulos em que investe. Em geral, grandes empresas com uma grande capitalização de mercado são mais estáveis ​​para investir, mas apresentam um crescimento mais lento. Por outro lado, empresas menores têm grande potencial de crescimento, mas geralmente são mais arriscadas.

Gerenciamento de Comportamento

Uma das partes mais difíceis de investir por conta própria é aprender a tirar suas emoções das decisões de investimento e seguir uma estrita estratégia de investimento. Isso é difícil por duas razões principais; Primeiro, os consultores profissionais geralmente têm mais experiência e uma melhor compreensão das estratégias de investimento. Segundo, gerenciar seus fundos por conta própria oferece uma participação pessoal muito maior, que pode atrapalhar seu julgamento, ao contrário de um consultor que gerencia os fundos de outras pessoas.

Por exemplo, muitas estratégias de investimento, como média do custo em dólar, envolvem fazer investimentos regulares estritos que são relativamente insensíveis às condições do mercado. Se você se envolver demais com a emoção de investir, pode ser muito fácil desviar-se de uma estratégia de investimento regulamentada. Gerenciar adequadamente suas finanças requer um certo tipo de estoicismo.

Quando devo obter um consultor financeiro?

Ir sozinho com suas finanças é factível, mas você precisará manter-se atualizado sobre seu conhecimento financeiro e dedicar algum tempo para pesquisar as tendências do mercado. Embora seja certamente possível gerenciar suas finanças sem um consultor, às vezes a melhor opção é contratar um profissional.

Aqui estão algumas razões pelas quais se deve considerar a contratação de um consultor financeiro.

Falta de tempo

Gerenciar suas finanças por conta própria requer bastante tempo e esforço. Infelizmente para muitos, as exigências do trabalho e da vida significam que eles não são capazes de dedicar tempo suficiente para gerenciar suas finanças.

Você precisa de ajuda para planejar seu futuro financeiro

Planejar suas finanças pode ser difícil, pois há muitas coisas que você deve levar em consideração, incluindo fundos de aposentadoria, poupança, impostos, etc. um terceiro imparcial de especialistas. Não importa a sua experiência em investir, você sempre pode aprender mais. Os seres humanos são fundamentalmente irracionais. Um bom consultor financeiro pode preencher as fendas em que sua participação pessoal no assunto pode cegá-lo.

Você está quase se aposentando

A maioria das pessoas que está quase aposentada provavelmente se beneficiaria de pelo menos uma reunião presencial com um consultor financeiro. Um consultor financeiro pode ajudá-lo a descobrir se você está em um bom lugar para se aposentar financeiramente e, se não, qual a melhor maneira de chegar lá. Os consultores financeiros também podem ajudá-lo a descobrir diferentes nuances e estratégias para investir na aposentadoria. Portanto, se você estiver próximo da idade da aposentadoria, é recomendável agendar pelo menos uma consulta com um consultor especializado em planejamento de aposentadoria.

Você está começando uma família

Da mesma forma, se você estiver começando uma família, poderá se beneficiar de um consultor financeiro. Casar e ter filhos traz muitos novos desafios financeiros; coisas como economizar para a faculdade, seguro de vida e planejamento imobiliário. Os consultores financeiros podem ajudá-lo a navegar neste terreno e criar um plano financeiro para proteger a saúde financeira da sua família.

Você tem uma renda muito alta

Se você obtiver uma renda substancialmente acima da média, poderá economizar muito dinheiro, mas talvez não saiba onde alocar seus fundos. Muitas pessoas que saltam da renda de nível intermediário para o alto escalão de repente se vêem com mais dinheiro do que sabem o que fazer. Nesse ponto, contratar um investidor financeiro pode ser uma boa idéia apenas para obter uma linha de base do que você deve fazer.

Conclusão

Os consultores financeiros geralmente são uma boa idéia, mas não são necessários para gerenciar adequadamente suas finanças e ter uma boa saúde monetária. Com a combinação certa de aprendizado, trabalho e pesquisa, você pode gerenciar seus fundos com segurança por conta própria.

Leia Também  Relatório da Hustle Lateral de março de 2020 - $ 872,05
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *